Brasil

Modelo morre durante gravação de clipe de funk: 'caiu entre as dançarinas'

A jovem foi socorrida, mas chegou sem vida ao hospital

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

No último domingo (20), a modelo e dançarina Júlia Melo Carlota morreu durante a gravação de um clipe de funk, em Poá (SP). Júlia passou mal e caiu entre as demais dançarinas que participaram do vídeo dos MC's Tiger e 2B da ZL. As informações são do jornal Extra. 

A jovem foi socorrida, mas chegou sem vida ao hospital. A Polícia Civil de São Paulo está investigando a causa da morte.  Ainda segundo a Polícia Civil, a perícia foi solicitada ao Instituto Médico Legal (IML) e o caso, registrado como morte suspeita (morte súbita) pela Delegacia de Suzano. 

 Júlia Melo Carlota já havia participado de outros clipes do MC 2B da ZL. O artista compartilhou uma foto de horas antes da morte em seu Instagram. "Momentos antes estávamos todos sorrindo. Sinto muito sua falta", escreveu o funkeiro.

Em um vídeo publicado no YouTube, o funkeiro disse que aguarda o laudo com a causa da morte, que fica pronto em 28 dias. "Entrei em contato com a família e disse que prestei os primeiros socorros. Não houve omissão, enquanto eu ligava para Samu, outras pessoas colocaram ela dentro do carro e levaram para o hospital. Infelizmente, não deu tempo de socorrer ela. Poderia ter acontecido com qualquer um, mas foi no dia da gravação do clipe. Ela estava lá e caiu, ninguém sabe a causa da morte, não podemos falar que foram drogas, bebida, maconha".