Brasil

Mulher de chefe do tráfico é presa poucos dias após dar à luz

Ela foi flagrada por policiais civis numa operação realizada no Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio

Agência O Globo
- Atualizada em

Brenda Santos, de 22 anos, mulher de Thomas Jayson Gomes Vieira, o 3N, chefe do tráfico no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, deu à luz uma menina a poucos dias antes de ser presa. Ela foi flagrada por policiais civis numa operação realizada no Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio — onde 3N estaria escondido —, nesta segunda-feira. Oito pessoas morreram na ação.

Foto: Reprodução

Brenda foi indiciada por associação para o tráfico de drogas. Ela estava escondida numa casa na Vila do João — comunidade que integra o Complexo da Maré — quando foi localizada. Brenda casou com 3N em janeiro passado. Ela prestou depoimento na Delegacia de Homicídios (DH) da Capital.

A mulher mantinha um perfil ativo no Facebook, no qual costumava postar fotos em praias de Niterói — município vizinho de São Gonçalo — e também em noitadas. Uma das imagens compartilhadas por ela mostra um maço de dólares.

De janeiro a março, foram 434 mortos em ações da Polícia  Civil do Rio de Janeiro, 18% acima do mesmo período de 2018 — ano que já havia batido o recorde histórico do índice. Os dados são do Instituto de Segurança Pública (ISP).