Brasil

Mulher é acusada de aplicar golpes em homens através de aplicativo de relacionamento

Suspeita ficou conhecida com 'Loba do Tinder'

Agência O Globo

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu, nesta segunda-feira (05), uma mulher acusada de aplicar golpes em homens por meio de aplicativos de relacionamento. Patricia Coutinho Pereira, de 29 anos, se encontrava preferencialmente com homens casados e exigia empréstimos em dinheiro sob a ameaça de contar aos familiares das vítimas que eles mantinham relacionamentos extra-conjugais. Ela ficou conhecida como 'Loba do Tinder'

Foto: Reprodução
Investigada desde 2017, Patricia deverá responder por crime de estelionato, difamação e extorsão. Segundo a polícia, entre as vítimas dos golpes estavam DJs, empresários e policiais. Uma das vítimas diz ter emprestado aproximadamente R$ 50 mil para a mulher ao longo de seis meses.

Segundo o delegado do caso, João de Ataliba Neto, a criminosa também escolhia homens casados para exigir indenizações ao término do relacionamento, alegando que teria sido enganada.

— Caso as vítimas recusassem efetuar os pagamentos exigidos, a autora ameaçava contar tudo aos familiares, ir ao local de trabalho para escandalizar e constranger os envolvidos e ainda difamá-los em redes sociais — destacou Ataliba.

A mulher também conseguia extorquir dinheiro dos homens que encontrava sob o falso pretexto de que um parente dela havia falecido. Neste casos, ela dizia que o dinheiro seria utilizados para ir ao sepultamento do parente.


Segundo a polícia, Patricia atuava em vários estados e, atualmente, praticava os golpes no interior de São Paulo. A investigação apurou ainda que ela estava trabalhando em um bordel da região, onde também extorquiu um cliente casado e a dona do estabelecimento, sob a ameaça de difamá-los em redes sociais.