Brasil

Mulher é arremessada para fora do carro após discutir com motorista por aplicativo

Ao G1, a aposentada Elizabete Andrade Bamonde, de 51 anos, relatou que no início da corrida, o motorista não apresentava irritação

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Uma mulher foi arremessada para fora do carro após discutir com um motorista por aplicativo na madrugada desta sexta-feira (29). Ela chegou a bater com a cabeça na calçada e desmaiar. O caso aconteceu em Santos (SP). As informações são do g1 Santos e Região.

Foto: Reprodução
De acordo com a apuração do G1, a família havia acabado de fazer compras em uma aloja da região e acionou um motorista através do aplicativo para irem até em casa.

Ao G1, a aposentada Elizabete Andrade Bamonde, de 51 anos, relatou que no início da corrida, o motorista não apresentava irritação. "Conversamos com ele normalmente, pedimos para ele abrir o porta-malas e colocamos as compras. Entramos no carro e minha neta foi a última a entrar, na porta de trás", contou.

Ela disse que eram seis passageiras, contando com uma criança de colo e três adolescentes. "Elas são muito magrinhas, foram atrás sem problemas. Tinha uma bebê no colo", explicou ao G1.

"Ele estava muito alterado, dizendo que eu pagaria a multa que ele tomasse. Eu disse que pagaria, mas não queria discussão", contou ao G1. Elizabete disse ainda  que, para evitar conflito, decidiu sair do carro para chamar outro pelo aplicativo.
Foto: Reprodução
Ao procurar dinheiro para pagar a viagem, sentada no banco do passageiro com a porta aberta, o motorista acelerou o veículo, jogou o carro para esquerda e a aposentada foi arremessada na calçada.

Eu caí e bati a cabeça. Tudo apagou, não lembro de mais nada. Fiquei sabendo que minha filha de 15 anos, ao me ver caída, desmaiou e bateu a cabeça também", relatou. Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionadas e as duas foram levadas para uma instituição de saúde. As compras ficaram no porta-malas do veículo.

Em nota enviada ao G1, a 99 lamentou o fato e disse que mobilizou uma equipe para apurar a situação e irá colaborar com as investigações policiais . Ainda de acordo com o comunicado, o motorista já foi identificado e bloqueado do aplicativo.