Brasil

Mulher é assediada no ônibus e situação vai parar em site pornô: 'Estou sem chão'

"Fui assediada. Isso pq eu saí de casa pra ESTUDAR. Ser mulher é ter medo de ir pra rua correr atrás do próprio futuro", desabafou Jai Silva

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Na madrugada desta terça-feira (28), uma mulher, identificada como Jai Silva, foi assediada dentro do ônibus em São José dos Campos, no interior de São Paulo. A situação viralizou no Twitter após a vítima descobrir que o momento do assédio foi filmado e publicado em um site de vídeos pornográficos.

Foto: reprodução
"Fui assediada. Isso pq eu saí de casa pra ESTUDAR. Ser mulher é ter medo de ir pra rua correr atrás do próprio futuro. Sabem o pior? Gravaram o assédio. Fui parar num site pornô", explicou Jai através de uma publicação no Twitter.

"Estou sem chão, não tenho psicológico pra lidar com isso", continuou Jai Silva. Ela disse que estava indo para o curso fazer um simulado quando a situação aconteceu.
"Estou compartilhando pra alertar outras mulheres. Homem de mais ou menos 55 anos, branco, alto, cabelo loiro. Não desejo pra ninguém a sensação de se sentir usada, como se fosse um objeto!".



Ela ainda aconselhou outras mulheres sobre situações de assédio: "Nunca pensei que fosse acontecer comigo como coisas que vemos na TV. O machismo está mais próximo de nós, do que imaginamos. Não caiam no mesmo erro que eu cometi, tentando fingir que nada aconteceu ou que era "coisa da minha cabeça".

O desabafo de Jai Silva recebeu o apoio de várias internautas, que até denunciaram o homem que gravou e publicou o vídeo. O registro já foi retirado do ar, mas a identidade do homem não foi revelada.