Brasil

Mulher é morta por falar alto e acordar passageira que dormia em ônibus

De acordo com polícia militar, as duas passageiras começaram uma discussão e antes de desembarcar, a mulher sacou um canivete e acertou o tórax de Valdete

Agência O Globo
Uma passageira foi morta com um golpe de canivete após uma discussão dentro de um ônibus Move — espécie de BRT — na Avenida Paraná, que fica no centro de Belo Horizonte, na manhã desta segunda-feira. Segundo testemunhas, Valdete Lopes Queiroz, de 49 anos, falava alto e teria acordado uma das passageiras que cochilava no interior do coletivo, da linha 61, que liga o bairro de Venda Nova ao Centro da cidade.
De acordo com polícia militar, as duas passageiras começaram uma discussão e antes de desembarcar, a mulher sacou um canivete e acertou o tórax de Valdete. Em seguida, fugiu em direção à rodoviária de BH. No local, uma equipe da Samu foi acionada e encaminhou a vítima para o Hospital de Pronto-Socorro, mas ela não resistiu.
Imagens da câmera de segurança do ônibus serão solicitadas pela Polícia Civil para identificar a suspeita, que está foragida. O canivete utilizado no crime foi apreendido. O caso foi registrado pela Central De Flagrantes da Polícia Civil 2.