Brasil

Mulher é presa acusada de matar marido enquanto ele dormia

Inicialmente, ela contou para polícia que matou o marido durante uma discussão para se defender

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Uma mulher de 36 anos, que não teve o nome divulgado, foi presa acusada de matar o marido e enterrar o corpo no quintal da casa em que moravam. O crime aconteceu União do Sul, no Mato Grosso. As informações são do G1 MT.

Francisco da Silva, de 48 anos, foi morto há duas semanas, mas o crime só foi descoberto depois. Nesta quinta-feira (4), ela foi até a delegacia, acompanhada de um advogado, dizendo que queria confessar um crime, então ela foi presa. 

Inicialmente, ela contou que matou o marido após uma discussão por ciúmes com um tiro na cabeça, para se defender. Policiais foram até o local averiguar a versão de violência doméstica feita por ela, mas constatou-se que era falsa. 

Depois, ela acabou confessando. "Ele confirmou que deu um tiro na cabeça dele quando ele já estava dormindo e depois arrumou alguém para cavar esse buraco nos fundos da casa, alegando que seria um tanque para peixes e combinou com a filha da vizinha e outro rapaz de 20 anos para que levassem o corpo até o buraco e tampassem", contou o delegado de Cláudia, Pablo Carneiro. 

Ainda segundo a polícia, além de enterrar o corpo, a acusada cuidou de colocar fogo na cama para tentar esconder o crime. As pessoas que ajudaram a enterrar o corpo foram autuados. A mulher responderá por homicídio, ocultação do cadáver, e corrupção de menores.