Brasil

Mulher é presa suspeita de tentar matar mãe asfixiada; vídeo

Crime teria sido cometido por suspeita estar cansada de cuidar da mãe

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Uma mulher, identificada como Luciana Paula Figueiredo, 32 anos, foi presa em flagrante suspeita de tentar matar a mãe por asfixia no leito do hospital que ela estava internada, na cidade de São Luís (MA). Luciana foi presa na última terça-feira (28).

A cena foi flagrada e filmada por acompanhantes de outros pacientes que estavam no local e viram uma movimentação suspeita no leito de Ana Benedita, 68 anos. É possível ver a idosa sendo asfixiada pelo nariz e pela boca com a ajuda de um lençol, que a filha dela usa para que a vítima não consiga respirar.



De acordo com informações do Jornal de Brasília, a idosa está internada desde o dia 19 de janeiro e apresentava um quadro de embolia pulmonar, considerado grave. Recentemente, foi constatada uma melhora no quadro dela e ela foi transferida da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) para um dos leitos do hospital. Com a tentativa de homicídio sofrida, Ana Benedita foi levada de volta para a UTI.

Luciana foi presa por tentativa de homicídio. Ela negou que tenha cometido o crime e disse que, além de ter boa relação com a mãe, colocou a mão na boca da mãe com outra finalidade. A Polícia Civil de Maranhão, no entanto, disse que a suspeita teria feito isso por estar cansada de cuidar da idosa, que tem diversos problemas de saúde.

Segundo o Jornal de Brasília, a polícia encontrou uma seringa entre os pertences que estavam com a suspeita e, com isso, vai investigar se ela aplicou medicações na mãe.