Brasil

Mulher é torturada durante transmissão ao vivo por dívida do namorado

Grupo exigiu R$ 5 mil em dinheiro e que R$ 10 mil fossem transferidos para uma conta bancária

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Nesta quinta-feira (14), uma mulher, que não teve o nome divulgado, foi resgatada em um cativeiro, na cidade de Arapiraca, após uma  operação conjunta das polícias Civil de Pernambuco e de Alagoas. Ela havia sido sequestrada e torturada durante uma transmissão ao vivo.

De acordo com informações da polícia ao UOL, os vídeos das torturas foram enviados ao namorado da vítima para fazer com que a família pagasse R$ 15 mil pelo resgate. A suposição é que a ação dos bandidos tenha sido em represália ao companheiro da vítima, que tinha uma dívida com eles. 

O grupo exigiu R$ 5 mil em dinheiro e que R$ 10 mil fossem transferidos para uma conta bancária.

“Fomos comunicados sobre um sequestro que acabara de acontecer na cidade de Ibimirim. A vítima, uma jovem mulher, foi sequestrada e estava sendo torturada. As imagens da ação eram apresentadas ao vivo e postadas em redes sociais”, contou Alexandre Barros, conta o delegado de Ibimirim.

"Por volta das 10h do domingo [10], estava de plantão em Arcoverde quando começamos a receber vídeos e ligações de uma senhora que queria denunciar o sequestro. As imagens mostravam as torturas de uma jovem. Fizemos diligências preliminares e percebemos que o caso era verdadeiro", acrescentou o delegado, que explicou que a dificuldade maior no resgate foi o fato dos bandidos usarem diferentes cativeiros. 

Três homens foram presos durante a ação da polícia. Com eles foram apreendidos uma pistola, três revólveres, celulares, drogas e vários cartões de banco. O caso segue sendo investigado.