Brasil

Mulher encontra larvas em chocolate e recebe indenização de R$ 2 mil

Cliente recorreu da decisão e o juiz entendeu que a empresa deveria ter comprovado que a culpa era do estabelecimento

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A empresa Kraft Foods Brasil S/A terá que pagar uma indenização por danos morais de R$ 2 mil a uma cliente que diz ter encontrado larvas em um chocolate da marca Diamante Negro, da Lacta.



No processo, a mulher disse que comprou a barra de chocolate Diamante Negro em um restaurante na cidade de Erechim, no Rio Grande do Sul. Após comer o chocolate e dividir com colegas, notou no interior da embalagem, pequenas larvas, o que teria provocado um terrível mal-estar.

Inicialmente, a decisão de 1ª grau negou a indenização e constatou que o estabelecimento que vendeu o produto para a cliente apresentava problemas de higiene e limpeza, e qualquer inseto poderia romper a embalagem e depositar tais larvas no chocolate.


A cliente recorreu da decisão e o juiz entendeu que a empresa deveria ter comprovado que a culpa era do estabelecimento. A decisão ressalta ainda que duas colegas da consumidora chegaram a consumir o produto, prevalecendo os sentimentos de asco, de nojo, de repulsa causados ao consumidor que teve sua segurança alimentar colocada sob risco.A decisão foi tomada no dia 28 de janeiro, mas foi divulgada na semana passada pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul.