Brasil

Mulher fica em coma após ser agredida a marteladas: 'lesão no cérebro'

Segundo o boletim de ocorrência, Orlando Willian Lopes Ledezma deu marteladas na mãe, na esposa e no filho de aproximadamente 10 anos

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

Uma mulher de 72 anos, identificada como, Luz Ledesma, foi agredida a marteladas pelo filho e precisou ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros. O caso aconteceu no dia 27 de julho, em Corumbá, no Mato Grosso do Sul (MS). De acordo com o hospital, a médica está em coma devido à gravidade da lesão no cérebro causada pela agressão. As informações são do G1 MS. 

Segundo o boletim de ocorrência, Orlando Willian Lopes Ledezma deu marteladas na mãe, na esposa e no filho de aproximadamente 10 anos. A mulher e o filho conseguiram sair da casa e pedir ajuda aos vizinhos. 

Orlando Willin se feriu com facadas e marteladas e chegou a ser levado para atendimento, mas não resistiu e morreu. A mãe de Orlando passou por cirurgia e segue em coma, respirando com a ajuda de aparelhos.