Brasil

Mulher fica em estado gravíssimo após companheira atear fogo nela: 'ciúmes'

Ela precisou passar por diversas cirurgias

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

Uma mulher, que não teve o nome divulgado, foi presa suspeita de atear fogo na companheira, na última sexta (18). O crime aconteceu na cidade de Planaltina, em Goiás. De acordo com a Polícia Civil, ela agiu por ciúmes e chegou a levar a vítima para o hospital dizendo que havia acontecido um acidente. A suspeita usou nome falso na unidade de saúde e disse que a vítima não tinha familiares. 

Ainda segundo a polícia, a vítima teve boa parte do corpo atingido pelas chamas, chegou no hospital em estado grave e precisou passar por diversos procedimentos cirúrgicos. 

Em entrevista ao G1 Goiás, o delegado  delegado José Antônio Machado Sena, responsável pelo caso, falou sobre a motivação do crime. "Elas tiveram um desentendimento por ciúmes, mas não ficou especificado o porquê. Ela jogou álcool nas costas da vítima e ateou fogo".