Brasil

Mulher imobiliza pitbull para salvar cadela de estimação; veja vídeo

Advogada ainda contou com ajuda de um vizinho para salvar pug

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

A advogada Marina de Oliveira Galvão, 30 anos, se arriscou de maneira impressionante para salvar a cadelinha de estimação do ataque de um pitbull. Após ela e Pagu, um pug, serem atacadas, a jovem conseguiu segurar o pitbull e tirar a cadela de perto dele, quando o pug já era mordido. A cena aconteceu na última quarta-feira (30), em Palmas (TO), segundo informações do G1 Tocantins.

"Estava passeando com minha cadela e ao entrar na rua perto da minha casa vi o cachorro grande vindo solto. Ele estava com coleira, mas não tinha ninguém com ele. Foi quando peguei meu cachorro no colo, mas ele conseguiu puxar, tirou dos meus braços e levou para o chão", contou a advogada ao G1.

Um vizinho ainda tentou ajudar. "Ele jogou uma pedra, mas ele [cachorro] nem respondeu. Eu consegui segurar ele, pedi pra levar a Pagu para casa". Enquanto isso, ela segurava o pitbull, que conseguiu se desvencilhar e entrou na casa do homem que, segundo Marina, ainda tinha algumas crianças.

No entanto, o homem conseguiu tirar o pitbull de lá e tanto Pagu quanto Marina ficaram a salvos. Segundo o G1, um outro cachorro teria sido atacado naquela mesma noite, o que gerou preocupação dos moradores da região.