Brasil

Mulher morre asfixiada; marido é preso suspeito após causar acidente de carro

Crime aconteceu no apartamento em que o casal morava

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Uma arquiteta de 28 anos, identificada como Thayane Nunes da Silva Santos, morreu por asfixiamento, na tarde desta quinta-feira (2). De acordo com o site Extra, o marido da vítima é o principal suspeito do crime. O caso aconteceu em Campo Grande (RJ).

Segundo ainda o Extra, o homem identificado como Gilton Santos Pinto, foi preso depois de envolver em um acidente de carro e está internado no Hospital Geral da Japuíba (RJ) sob custódia.

O crime aconteceu no apartamento em que o casal morava, em um condomínio na Estrada Iaraquã. A prima da vítima que chamou a polícia ao perceber que ela e o marido estavam brigando. Quando as autoridades chegaram ao local, encontraram a arquiteta já morta.

Conforme relatos de pessoas que moram no prédio, o homem fugiu logo após o crime. Ele trabalha com compra e venda de carros usados.