Brasil

Mulher morre após acidente em academia de treino funcional

Conselho Regional de Educação Física (CREF) investigará o caso

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Uma mulher de 47 anos, identificada como Duda Vervloet, morreu após sofrer uma lesão na coluna, em uma academia, neste último sábado (6), em Linhares (ES). De acordo com o G1 Espírito Santo, ela passou 17 dias internada antes de vim a óbito. 

Segundo informações de testemunhas, a mulher teria lesionado a coluna ao cair de uma caixa de madeira durante um exercício. O dono da academia, Ricardo Smarzaro, que também é médico ortopedista, contou que quando Duda caiu, bateu a cabeça no chão e uma vértebra saiu do lugar.

"Na hora, ela perdeu sensibilidade, o movimento das pernas, e estava sentindo muita dor nos braços. Depois, ela começou a ter um pouco mais de edema por causa do choque e perdeu um pouco dos movimentos das mãos", relatou o médico.

Conforme ainda o G1 ES, após ser socorrida, a mulher ficou internada em um hospital particular de Linhares e passou por uma cirurgia no dia 22 de fevereiro, mas o quadro de saúde piorou e ela continuou na UTI.

O médico contou que no pós-operatório imediato, Duda apresentou melhora na sensibilidade. Porém, o que aconteceu depois da cirurgia ainda é um caso desconhecido pelos médicos.

"Até hoje estamos buscando uma resposta, porque nenhum dos médicos soube explicar o que aconteceu com ela. Ela teve uma complicação respiratória e vascular tão grande que levou ela à UTI após a cirurgia", disse ele.

O CREF informou que vai abrir uma sindicância para apurar a conduta ético profissional dos envolvidos.