Brasil

Mulher que acusa Neymar de estupro irá depor nesta sexta-feira (7)

Jovem será ouvida na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, na capital paulista, segundo informação do advogado

Dimitrius Dantas, da Agência O Globo

A mulher que acusa o atacante Neymar de estupro deverá se apresentar para depor nesta sexta-feira, a partir das 11h30, segundo informou o novo advogado da jovem, Danilo Garcia de Andrade .

O advogado chegou no início da noite desta quinta-feira na sede da 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, no bairro de Santo Amaro, Zona Sul da capital paulista, para uma reunião com a delegada responsável pelo inquérito.

Andrade assumiu o caso no lugar da advogada Yasmin Pastore Abdalla . A partir de agora, Yasmin deve prestar apenas assistência pessoal à suposta vítima.

Foto: reprodução
Andrade é o terceiro advogado da mulher que acusou Neymar de estupro . O primeiro profissional a atendê-la — José Edgard Bueno — rescindiu o contrato que havia firmado com a jovem por discordância na estratégia adotada.

Danilo Garcia de Andrade é amigo de infância de Yasmin e foi convidado para o caso por ter mais experiência na área criminal. Na chegada à delegacia, ele confirmou a existência de um vídeo de sete minutos que estaria de posse da suposta vítima. Essa seria a principal evidência, na visão da defesa, da agressão do atacante Neymar.

Até a noite de quarta-feira, Danilo Garcia de Andrade havia admitido ter visto apenas o vídeo de um minuto que foi divulgado nas redes sociais e que mostra a suposta vítima batendo no atacante.



O depoimento da jovem é um dos passos necessários para o prosseguimento do inquérito que foi instaurado na delegacia após o registro do boletim de ocorrência na última sexta-feira (31/5). Além dela, o atacante também deverá ser ouvido. Neymar pode prestar depoimento pessoalmente ou responder a perguntas formuladas pela delegada em outro Estado.

Também está previsto para esta sexta-feira o depoimento de uma amiga da suposta vítima que teria acompanhado ela durante o registro do boletim de ocorrência na semana passada. O nome da mulher não foi revelado.