Brasil

'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro

Rogério Peres, a cada vez que ele chega no Hospital Casa de Portugal, onde a vítima está internada desde , é um choque ver o rosto da irmã desfigurado

Agência O Globo

O irmão de Elaine Peres Caparroz, de 55 anos, espancada durante cerca de quatro horas na madrugada do último sábado, conta que não consegue reconhecer a irmã após o episódio. De acordo com o programador Rogério Peres, de 45 anos, a cada vez que ele chega no Hospital Casa de Portugal, onde a vítima está internada desde a noite deste domingo, é um choque ver o rosto da irmã desfigurado.

— Aquela pessoa que está ali, desfigurada, não representa diretamente a fisionomia da minha irmã. Cada vez que eu vejo a minha irmã, eu não consigo reconhecê-la. Ele deixou minha irmã numa situação que eu não a reconheço. Cada vez que eu chego para ver a Elaine, eu fico chocado. Não tem como se acostumar com a imagem com a qual ela ficou — conta ele.

Foto: Reprodução

Suspeito das agressões, o advogado Vinícius Batista Serra, de 27 anos, foi preso por tentativa de feminicídio. Elaine foi surrada no primeiro encontro dos dois, no apartamento dela, num condomínio na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. Rogério afirma que a irmã conheceu o rapaz pelo Instagram. Após cerca de oito meses conversando apenas pelas redes sociais, eles decidiram marcar um encontro:

— Ela tinha conversas esporádicas com ele, e a situação foi evoluindo para uma situação de confiança. Ela se sentiu confiante de ter um momento próximo a ele. Ela o chamou para uma visita. A conversa evoluiu, ficou tarde e ele pediu para dormir lá. Eles adormeceram e, por volta de 1h30, aconteceu o fato — relata.

O irmão da vítima também não acredita na versão dada por Vinícius, de que ele teria tido um surto após tomar vinho:

— Que surto é esse que dura quatro horas? Como uma pessoa fica fora de si por tanto tempo? As agressões perduraram por muito tempo, não foi uma coisa de momento. Isso tem que ser averiguado — questiona Rogério, destacando que a irmã está muito abalada e traumatizada após o episódio vivido no apartamento.

Quarenta pontos na boca

Elaine permanece internada no Hospital Casa de Portugal, no Rio Comprido, na Zona Norte do Rio.Segundo Rogério, ela levou quase 40 pontos dentro da boca. Também sofreu fratura no nariz e nos ossos da órbita (região próxima aos olhos). Elaine passará por uma avaliação nesta segunda-feira com um médico bucomaxilofacial. Ela fez uma tomografia, que não apontou danos neurológicos. Elaine também perdeu um dente.

— Ontem (domingo) à noite ela estava estável, e os médicos estão acompanhando a evolução do caso. Os traumas em si é que estão muito ruins — disse ele.

Um boletim médico divulgado na manhã desta segunda-feira informou que Elaine será transferida da UTI para um quarto. Segundo o informe, ela segue em estado estável e permanecerá em observação. O coordenador da clínica médica do hospital, Hélio Primo, afirma que não há necessidade de cirurgias, já que o tratamento será feito apenas com medicamentos.

Filho se declara e ganha apoio

Elaine ganhou uma declaração de seu filho, o lutador Rayron Gracie. Ele usou seu perfil no Instagram para postar uma foto dos dois e escrever: "Te amo, mãe". O lutador logo ganhou o apoio de centenas de pessoas, entre elas nomes conhecidos, como o comentarista e ex-atleta Flávio Canto, o skatista Bob Burnquist, o ator Dudu Azevedo e a lutadora Kyra Gracie. Ela, além de comentar na postagem de seu primo Ryron, também comentou o caso em seu perfil na rede social.