Brasil

'Não me perturbe' atinge quase 1,5 milhão de pedidos de bloqueio de ligações indesejadas

Clientes podem cadastrar as linhas nas quais não querem mais receber ofertas de serviços de telefonia, TV paga e banda larga

Agência O Globo

O sistema "Não me perturbe" — que permite aos usuários de telefonia pedir o bloqueio de chamadas de telemarketing indesejadas — atingiu a marca de  1,45 milhão de solicitações ,  em apenas uma semana. Por meio do  site , os clientes de empresas de telecomunicações cadastram as linhas nas quais não querem mais receber ligações com ofertas de serviços de telefonia, TV paga e banda larga. A suspensão — segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) — ocorre em até 30 dias, contados da data do cadastramento.

O sistema foi desenvolvido pelas empresas Algar, Claro/NET, Nextel, Oi, Sercomtel, Sky, TIM e Telefônica/Vivo, após acordo firmado com a Anatel para reduzir o número de queixas e melhorar a relação com os consumidores.

No Brasil, de acordo com a agência reguladora, estudos estimam que cerca de dois terços dessas ligações de telemarketing são provenientes de outros setores econômicos, que não o de telecomunicações. No caso do "Não me perturbe", a abrangência é apenas para empresas do segmento de telecom, "que respondem por cerca de 32% das chamadas indesejadas".

Como funciona o cadastro

Onde cadastrar

O site naomepertube.com.br entra no ar na terça-feira, dia 16, ainda sem hora marcada. Informando o número do CPF do titular da linha, o usuário vai poder cadastrar quantas linhas tiver em seu nome para não receber chamadas de telemarketing.

Quem pode ser bloqueado

A proposta é que se possa bloquear as ligações de uma operadora, várias ou todas. Também deve ser oferecida a possibilidade de bloqueio por tipo de serviço (telefonia fixa, celular, internet e TV por assinatura). Não se sabe se todas as funcionalidades estarão disponíveis já na terça-feira. Vale lembrar que o cadastro só é válido para chamadas feitas por empresas de telecomunicações.

Prazo para bloqueio

Após o cadastro do número, haverá um prazo para início do bloqueio efetivo, estimado em 30 dias.

Dias e horários

As empresas do setor se comprometeram a realizar ligações em dias úteis entre 9h e 21h, e nos sábados das 10h às 16h. Estão proibidas as chamadas para oferta de serviços em feriados nacionais e aos domingos.

Limites

Na carta-compromisso assinada pelas empresas, cada operadora pode fazer até três ligações por dia para o consumidor, salvo aquelas por solicitação ou com autorização do usuário.

Ligações que caem

A Anatel estuda como combater as ligações mudas, feitas por robôs, que caem quando o consumidor atende, mesmo que originadas por outros setores.