Brasil

Nike se diz preocupada com acusação a Neymar, mas mantém atacante em comercial

Vídeo com participação do atacante seguirá enquanto caso for investigado

Diogo Dantas, da Agência O Globo
- Atualizada em

Patrocinadora de Neymar e da seleção brasileira, a Nike se manifestou pela primeira vez sobre as acusações de estupro que recaem sobre o jogador.

Foto: Reprodução/Youtube

Em nota, a empresa informou: "Estamos profundamente preocupados com essas acusações e seguimos acompanhando de perto a situação."

Neymar teve participação no último vídeo divulgado pela Nike, o "Dream Further", que reúne as principais atletas da Copa do Mundo de Futebol Feminino. 

Na cena, ele aparece jogando vídeo-game. Segundo informou a Nike, através de sua assessoria, no momento o comercial com o atacante será mantido no ar enquanto o caso for investigado.

O jogador foi acusado de estupro por uma mulher que, na última sexta-feira, em Santo Amaro, distrito de São Paulo, registrou boletim de ocorrência contra o jogador. Pai do atacante, Neymar Silva Santos, em entrevista ao “Brasil Urgente”, da TV Bandeirantes, defendeu o filho. Ele confirmou que o filho se encontrou com a jovem em Paris, mas disse que a relação entre os dois foi consentida.

Agentes da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática entregaram nesta segunda-feira, na Granja Comary, uma intimação ao atacante Neymar pela divulgação de uma série de fotos íntimas da mulher que na sexta-feira denunciou o jogador por suposto estupro , que teria ocorrido em maio deste ano, em Paris.

Com a intimação, Neymar precisará prestar depoimento pelo vazamento de imagens nas quais a jovem aparece nua. As fotos foram expostas pelo jogador em um vídeo postado por ele, na noite de sábado, no Instagram. O atacante da seleção brasileira divulgou as imagens da conversa, que teriam ocorrido após o suposto estupro, para se defender da acusação abuso sexual.