Brasil

Nos planos de Gabriel Diniz incluía filhos e jatinho: 'Jesus está pintando meu jato'

Cantor sertanejo morreu nesta segunda-feira (27), após sofrer um acidente aéreo

Agência O Globo
- Atualizada em

Em novembro de 2017, Gabriel Diniz acabava de gravar seu segundo DVD em Fernando de Noronha e começava a conquistar o país. Numa entrevista à revista “Contigo”, na época, ele falava sobre os sonhos e planos para o futuro. Entre eles, o casamento com a namorada Karoline Calheiros, filhos e um jatinho:

“Eu pretendo casar, sim! Tenho vontade de ter minha família, meus filhos. Mas calma... Só posso ter um filho quando tiver um jatinho, porque assim eu posso ir e vir dos trabalhos mais rápido para vê-lo. Acho que Jesus está pintando meu jato, só preciso esperar ele chegar (risos)”.

Foto: Reprodução | Instagram

Shows agendados

O cantor Gabriel Diniz, que morreu na manhã desta segunda-feira, dia 27, num acidente de avião no povoado chamado Porto do Mato, em Estância, no sul do estado de Sergipe, tinha shows agendados até o final de junho para festas de São João pelo país. Ele seria atração em, pelo menos, cinco festas juninas, de acordo com sua agenda. O cachê das apresentações do cantor variava entre R$ 80 mil e R$ 120 mil, mas a maioria dos shows eram negociados por R$ 100 mil.

O intérprete de "Jenifer" tinha em sua agenda apresentações marcadas para o dia 20 do próximo mês no "São João de Petrolina", em Pernambuco. No dia seguinte, o cantor estaria na "Festa do Peão de Americana", em São Paulo. Logo depois, no dia 22, Gabriel Diniz estaria no "São João Santo Antônio de Jesus", no Recôncavo Sul da Bahia. No dia 23 do mesmo mês ele seria atração no "São João Spazzio e Vila Forró", em Campina Grande, na Paraíba.

O último show agendado do cantor seria no dia 30 de junho no "São João de Campina Grande", novamente na Paraíba.

Planejamentos 

Gabriel Diniz tinha um novo hit para lançar em breve. “Chá de cama” é o nome da música que ele gravou com Simone e Simaria e que iria entrar em seu próximo DVD. “Nos encontramos há três semanas num show em Aparecida de Goiânia. Ficamos conversando no camarim e ele me disse: ‘Tá gravada a música’. Pedi para me mostrar para eu não morrer de ansiedade. Nem ouvi ainda”, conta Thales Gui, um dos compositores de “Jenifer”, maior sucesso do cantor de forró.

Gabriel ouviu a música “Chá de cama” em novembro, quando já tinha gravado “Jenifer”. “Ele ficou maluco. Pagou a música no mesmo dia e apostava muito num novo sucesso”, recorda Thales, que ainda não consegue acreditar na morte do cantor: “Não éramos amigos, não andava junto, mas esse cara mudou toda a minha história, mudou a minha vida”.