Brasil

OMS afirma que Brasil ainda não chegou ao pico da pandemia do coronavírus

País está entre os que tiveram o maior aumento do número de casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O diretor de emergências da Organização Mundial de Saúde (OMS), Michael Ryan, afirmou nesta segunda-feira (1º) que o Brasil está entre os países que não chegaram ao pico de transmissões do novo coronavírus (covid-19). As informações são do site G1. 

Segundo o G1, Michael também explicou que o país está entre os que tiveram o maior aumento do número de casos de covid-19 nas últimas 24 horas. Além disso, dos dez países que reportaram mais casos nesse período, cinco estão nas Américas: Brasil, Estados Unidos, Peru, Chile e México.

"Há muitas semanas, o mundo estava muito preocupado com o que aconteceria no sul da Ásia ou na África, e, até certo ponto, a situação nesses dois cenários ainda é difícil, mas é estável. Claramente, a situação em muitos países da América do Sul está longe de ser estável. Houve um aumento rápido de casos e aqueles sistemas [de saúde] estão sofrendo cada vez mais pressão", disse Michael.