Brasil

Padrasto é preso suspeito de estuprar e engravidar enteada com paralisia cerebral

Na certidão de nascimento consta que o padrasto é o pai

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

No último sábado (7), um homem foi preso suspeito de estuprar e engravidar a enteada com paralisia cerebral. O caso aconteceu em Vila Bela da Santíssima Trindade, no Mato Grosso. De acordo com informações do G1 Mato Grosso, a vítima, de 22 anos, tem um filho de seis meses e na certidão de nascimento consta que o padrasto é o pai.

O delegado Maurício Maciel Pereira, responsável pelo caso, contou ao G1 MT que o primeiro inquérito foi instaurado em 2012 e em outubro de 2019 as investigações foram intensificadas e agora o caso foi concluído - com o pedido de prisão preventiva do suspeito.



Ainda segundo o delegado disse ao G1, jovem mora com a mãe, que está separada do suspeito. O
inquérito policial foi encaminhado para o Poder Judiciário e Ministério Público, para o trâmite do processo criminal.