Brasil

Padre é afastado após fotos dele nu serem divulgadas pela internet

Segundo a Diocese, as fotos teriam sido divulgadas por uma mulher que se relacionava com o padre pelas redes sociais

Redação Correio 24h
- Atualizada em
Foto de padre circula pelo WhatsApp
(Foto: Reprodução)

Um padre foi afastado pelo Bispado da Diocese de Campos dos Goytacazes depois que fotos dele nu vazaram na cidade de Miracema, no Rio de Janeiro.As imagens foram divulgadas pelo WhatsApp e mostram o religioso, que tem cerca de 40 anos, posando para selfies totalmente nu.


Segundo a Diocese, as fotos teriam sido divulgadas por uma mulher que se relacionava com o padre pelas redes sociais. Ele foi afastado no sábado (28). O padre disse aos superiores que chegou a manter relação com uma mulher e declarou que o contato entre os dois aconteceu no máximo cinco vezes, através das redes sociais. O vazamento da foto teria sido uma "armadilha" da mulher para "manchar" a imagem do padre, segundo ele.


A Diocese ainda está apurando mais detalhes sobre o caso. "Estamos investigando a gravidade do assunto, mas apenas o ato dele ter tirado a foto já é matéria contra o mandamento da Igreja Católica, constitui crime e exige punição", diz pronunciamento do Bispado ao G1.


A mulher não se manifestou nem foi ouvida na Diocese. O padre estava à frente da igreja de Natividade há cerca de 15 dias. Antes, ele trabalhava na matriz de Miracema, onde as fotos foram divulgadas e onde mora a mulher com quem se envolveu.

Correio24horas