Brasil

Pai mata filho de 10 anos com tiro de espingarda após disparo acidental

Polícia realiza diligências para localizar Gerson da Silva, de 44 anos, que não estava mais em casa quando a perícia chegou

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Um menino de 10 anos morreu com um tiro no pescoço no quintal de casa, em Sidrolândia, a cerca de 70 quilômetros de Campo Grande, na tarde desta quinta-feira. A família de Vicente de Oliveira da Silva contou à Polícia Civil de Mato Grosso do Sul que o pai dele estava mostrando uma espingarda para um amigo quando, acidentalmente, disparou.

Foto: Reprodução/Facebook
Segundo o delegado Diego Dantas, investigadores fazem diligências para localizar Gerson Reinaldo da Silva, de 44 anos, e identificar o homem que estaria com ele no momento do tiro. Contra Gerson, já havia um mandado de prisão em aberto por violência doméstica.

Os investigadores constataram que o tiro foi acidental após realizarem perícia, mas Dantas afirmou que ainda será realizada a necropsia. A mãe e os avós de Vicente disseram que estavam dentro de casa e, por isso, não presenciaram o disparo, ocorrido por volta das 14h30 no quintal da residência, no bairro de São Pedro. Dessa forma, as únicas testemunhas seriam Gerson e seu amigo.

— A trajetória do projétil, que atravessou o ombro do menino antes de atingir seu pescoço, bate com a história da família de que o tiro foi acidental — disse Dantas.

Ainda de acordo com o delegado, o pai do menino saiu do local antes da chegada dos policiais e segue com paradeiro desconhecido. Dantas contou que Gerson já possuía um mandado de prisão em aberto por violência doméstica, mas não soube informar mais detalhes sobre a ocorrência prévia. Diante disso, acredita que ele vai buscar ficar escondido.

— Estamos realizando diligências para encontra o pai e identificar o amigo dele, para que eles apresentem suas versões do que aconteceu — afirmou, acrescentando que Gerson pode responder por homicídio culposo, ou seja, quando não há intenção de matar.

Nas redes sociais, amigos e parentes de Vicente lamentaram o ocorrido.

"Deus te levou pra morar com ele. Hoje o céu ganhou mas uma estrelinha. Descanse em paz meu anjinho #Vicentinho", disse uma pessoa no Facebook.

"Só Deus pode confortar o coração de todos da família Vicentinho, descanse em paz. Luto eterno", escreveu mais uma.

A Prefeitura de Sidrolância também emitiu uma nota de pesar em sua página na rede social.