Brasil

Pastor é preso acusado de estuprar crianças para 'discipliná-las'

O delegado afirmou que ele usava da condição de líder religioso para cometer os abusos

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Na última sexta-feira (19), um homem de 64 anos, que é pastor e não teve o nome divulgado, foi preso acusado de estuprar crianças e adolescentes. Os crimes aconteceram em Guarapari, na Grande Vitória (ES). 

De acordo com informações da polícia, o homem já foi investigado por estupro de vulnerável contra uma sobrinha há alguns anos. Ele estava sendo investigado pela Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente e ao Idoso de Guarapari (DPCAI) desde o ano passado, quando uma denúncia para polícia.

O delegado Marcelo Santiago, responsável pelo caso, afirmou que ele usava da condição de líder religioso para cometer os abusos. 

“Ele recebia crianças e adolescentes, filhos de fiéis, em casa para realização de um tratamento espiritual e corretivo. Ele alegava que crianças e adolescentes indisciplinados ou que demonstrassem traços de homossexualidade deveriam ser tratados por ele. Durante a estadia na casa do autor foi descoberto que as vítimas sofriam abuso sexual”, contou o delegado.

O homem foi encaminhado Delegacia Regional de Guarapari e será encaminhado para o presídio de Xurí, em Vila Velha.