Brasil

Polícia apura se morte em Goiânia tem relação com confronto de torcidas

Homem se dirigia ao Estádio Serra Dourada, na capital goiana, quando foi assassinado a tiros

Gésio Passos da EBC
- Atualizada em

A Polícia Civil apura se a morte de um torcedor do Goiás na tarde deste sábado (24) foi relacionada ao confronto entre torcidas organizadas. O homem se dirigia ao Estádio Serra Dourada, na capital goiana, quando foi assassinado a tiros.

O clássico entre Goiás e Villa Nova foi marcado pela violência. Após o jogo, outro confronto aconteceu dentro do próprio estádio. Torcedores das duas equipes invadiram a área desativada da “geral” e iniciaram uma batalha. Um torcedor do Goias caiu e acabou sendo espancado por torcedores do Vila.

Segundo a imprensa local, o torcedor foi levado ao Hospital de Urgências de Goiânia com traumatismo craniano, mas a reportagem da EBC não conseguiu confirmar o estado de saúde da vítima. Em nota, o Vila Nova repudiou qualquer ato de violência dentro ou fora dos estádios. Válido pela 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o jogo terminou com a vitória do Vila Nova por 2 a 0.