Brasil

Polícia investiga integrante de igreja católica suspeito de estuprar jovens; 12 vítimas

"Ele usou da autoridade dele como líder religiosos para se satisfazer", explica o delegado Renato Martins, que é responsável pela investigação

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Nesta terça-feira (9), a Polícia Civil do Distrito Federal indiciou um homem, de 30 anos, suspeito de ter estuprado adolescentes de uma paróquia, localizada no Gama. Segundo as investigações, nove meninos foram vítimas de importunação sexual, duas vítimas foram estupradas e uma sofreu violação sexual mediante fraude. As informações são do G1 DF. 

O delegado Renato Martins explicou ao G1 DF que o suspeito trabalhava na paróquia e se aproveitava disso para cometer os crimes. "Ele usou da autoridade dele como líder religiosos para se satisfazer". As vítimas são meninos, com idade acima de 14 anos. 

O suspeito compareceu à 20ª DP nesta terça-feira, no entanto, segundo o delegado "novamente decidiu se manter em silêncio".

O caso chegou ao conhecimento da polícia após uma transmissão, em uma rede social. Uma pessoa que estava assistindo disse que o homem era pedófilo. Depois disso, o padre responsável pela igreja acabou levando todos os envolvidos para 20ª Delegacia de Policia e pediu que o caso fosse investigado.