Brasil

Polícia investiga se Fabiana Karla bateu em outro carro e fugiu após entrar em comunidade

Condutor ficou ferido em colisão. Delegado afirma que motorista de carro onde global estava deve responder por fuga

Redação do Correio 24 Horas
- Atualizada em

A Polícia Civil do Rio de Janeira investiga se a atriz Fabiana Karla fugiu após bater em um carro que estava parado rua, na madrugada do último domingo (9). A colisão teria acontecido no mesmo momento em que o carro da atriz foi atingido por tiros ao entrar por engano em uma favela de Niterói. O motorista do outro veículo, o barbeiro Pablo Luiz Ribeiro, de 20 anos, ficou ferido na colisão. Ele foi socorrido para um hospital da região e prestou depoimento. Ao ser ouvido pela polícia, ele disse que tinha ido levar a mãe no médico porque ela tinha passado mal e que estava estacionando o carro ao voltar para casa, quando o seu veículo foi atingido em cheio pela Hillux da atriz.

Fabiana estava no carro acompanhada da mãe e do marido, Bruno Muniz. O barbeiro também afirmou, segundo o jornal O Dia, que não escutou disparos de arma de fogo, mas sabia que a PM realizava uma operação na comunidade. "Não sei quem estava dirigindo. Só sei que, na batida, fiquei colado no poste e, ao invés, de ajudar minha mãe, eu que fui socorrido. Não sabia nem que era uma atriz que dirigia o carro. Após a batida, ela fugiu em direção ao DPO do Caramujo", disse Pablo.

O veículo teve perda total e a descoberta de que o outro veículo era de Fabiana Karla surgiu após as imagens da Hillux dela serem publicadas pela imprensa. "Meu carro ficou com a pintura do carro dela. Soube que era o veículo da atriz quando minha esposa viu a foto na imprensa. Tanto que o veículo dela também está batido", comentou. 

Fabiana Karla e o marido serão ouvidos na 78ª DP, que investiga o caso. O titular busca descobrir quem dirigia o carro no momento da colisão. "A pessoa vai responder por fuga de local de acidente”, disse o delegado José William de Medeiros. A assessoria da atriz afirmou desconhecer o fato, mas garantiu que ela irá se responsabilizar caso fique comprovado que foi responsável pelo acidente.  

Correio24horas