Brasil

Procon notifica Claro por propaganda enganosa

Segundo autarquia, campanha de 4.5G induz consumidor a achar que está contratando cobertura maior

Agência O Globo

A Fundação Procon-SP vai notificar a operadora Claro por publicidade enganosa. Na avaliação da autarquia, na campanha publicitária da cobertura 4.5G divulgada pela empresa, o número 4 está em tamanho inferior em relação ao 5, induzindo o consumidor a pensar que está contratando uma cobertura 5G.

Para o Procon-SP, a publicidade tem potencial para induzir o consumidor ao erro, e viola ao artigo 37, § 1º, do Código de Defesa do Consumidor.

A Claro tem dez dias para responder a notificação. Se as ponderações da operadora não for acata, ela poderá ser multada. Procurada a operadora ainda não se pronunciou a respeito da notificação.