Brasil

Professor é preso após pedir vídeo íntimo de aluno em troca de boas notas

Ele foi detido após a mãe flagrar uma conversa dele com o filho, de 13 anos, através do WhatsApp

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Um professor foi preso em flagrante por ato libidinoso após trocar mensagens de cunho pornográfico com um aluno de 13 anos. De acordo com a polícia civil, o suspeito estava pedindo vídeos íntimos do adolescente em troca de boas notas. O caso aconteceu nesta segunda-feira (10), em São Sebastião da Bela Vista (MG). As informações são do G1 Sul do Minas.

Foto: Reprodução
O professor de português e inglês tinha 33 anos e pertencia ao quadro docente da Escola Estadual Coronel Gabriel Capistrano há mais de 10 anos. Ele foi preso após a mãe flagrar uma conversa de cunho pornográfico dele com o filho através do WhatsApp.

"Suspeitaram que poderia haver algo de errado entre ele e o professor, então passaram a monitorar o celular da criança e encontraram algumas mensagens de cunho pornográfico", contou o sargento da Polícia Militar, Diego Fernando Pereira, ao G1.

Na conversa, o suspeito pede para para o menor ir até a casa dele, já que a esposa iria viajar. Ainda segundo a polícia, eles trocavam mensagens há pelo menos um ano e no celular do professor não foi encontrado nenhum vídeo do adolescente, mas uma perícia será realizada no aparelho para verificar se há conteúdo dele e de outros menos possivelmente envolvidos. Após a prisão, pelo quatro outras crianças fizeram denúncia no Conselho Tutelar da cidade.
Foto: Reprodução
"Nessa conversa tinha várias insinuações do professor, inclusive para que a criança se masturbasse para ele. Com base nisso, ele foi conduzido para a delegacia, foi preso por ato libidinoso na forma tentada", afirmou o delegado do caso, Renato Gavião, ao G1.