Brasil

Professor é suspeito de pedir nudes de aluna de 12 anos: 'Safadinha, cadê as minhas fotos'

A mãe da garota fez uma denúncia e o caso está sendo investigado pela polícia civil

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

No último domingo (6), a mãe de uma pré-adolescente de 12 anos denunciou um professor de 52 anos por assédio. De acordo com informações do 'O Dia', a mulher encontrou mensagens e áudios em que ele pedia fotos da menina nua. "Safadinha, cadê as minhas fotos", dizia uma das mensagens. O caso aconteceu em Ariranha, interior de São Paulo.

A polícia civil informou ao 'O Dia' que o caso está sendo investigado. O celular da jovem foi apreendido e eles estão aguardando autorização judicial para fazer a análise. A mãe da vítima contou que encaminhou à polícia mais de dez áudios entre o professor e a aluna.

Foto: reprodução
"Eu sei meu amorzinho. Mas a gente tem que disfarçar um pouquinho, se não vai dar muita bandeira. Você quer ver eu preso? Eu não posso. Não posso, assim. Eu tenho maior vontade, a gente precisa ter cuidado. Safadinha, cadê minhas fotos? Não pode vazar essas informações de jeito nenhum. Mas me manda foto, por favor, e eu quero ver pessoalmente, sim, estou louquinho. Beijos", disse o professor em um áudio.

O delegado responsável pelo caso, Gilberto César Costa, afirmou ao 'O Dia' que a polícia vai investigar quando o assédio começou. Já a Secretaria Estadual de Educação de São Paulo, responsável pela Escola Estadual Gabriel Hernandes onde o professor dava aula, afirmou em nota que o professor foi afastado e que uma apuração preliminar foi aberta.