Brasil

Professora é indiciada por presenciar estupro em sala de aula e não fazer nada

No final da aula, a vítima foi obrigada a acompanhar a dupla até um matagal, nos fundos do colégio estadual, onde sofreu ameaças e foi estuprada

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )
- Atualizada em

Uma professora de 43 anos foi indiciada pela Polícia Civil do Paraná como coautora de um crime de estupro de vulnerável, que aconteceu em novembro de 2018. De acordo com informações do jornal Extra, durante a exibição de um filme em sala de aula, dois alunos coagiram uma colega de turma, de 12 anos, a praticar sexo oral neles. Ambos adolescentes respondem pelo ato infracional.

Ainda segundo o jornal, no final da aula, a vítima foi obrigada a acompanhar a dupla até um matagal, nos fundos do colégio estadual, onde sofreu ameaças e foi estuprada. Nas investigações, testemunhas confirmaram que o fato aconteceu na sala de aula e que eles chegaram a alertar a professora.