Brasil

Professora usa tirinha da 'Turma da Mônica' com pornografia em exercício

Uma sindicância deve ser aberta para apurar o caso que assustou os pais

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Uma tirinha da personagem Magali, da história em quadrinhos da 'Turma da Mônica', com adulteração pornográfica, foi utilizada como tarefa de casa em um exercício da  Escola Municipal Dirce Espínola Najas, em Birigui, em São Paulo. Ao G1 São José do Rio Preto e Araçatuba, a Secretaria e Educação de Birigui confirmou que houve a entrega da tirinha na unidade de ensino e afirmou, em nota, que tomou "todas as providências cabíveis".

Foto: Reprodução

Ainda de acordo com o G1, vereadores da cidade receberam reclamações e três deles se reuniram com a professora, diretores da escola e representantes da Secretaria de Educação.Na reunião, a professora, que é concursada e tem 15 anos de carreira, assumiu o erro e informou ter encontrado a versão adulterada da tirinha em um site.

Segundo o portal, que apurou a imagem, a adulteração foi de um site que publicou a tirinha em 2012. A professora também afirmou que está arrependida e que não teve intenção de entregar o material com conteúdo pornográfico às crianças. Os alunos não perceberam que tratava de um conteúdo pornográfico.

Foto: Reprodução

Uma sindicância deve ser aberta para apurar o caso. A professora segue dando aula normalmente.