Brasil

Quadrilha invade centro de Criciúma e faz reféns em assalto a banco; imagens impressionam

Suspeitos atearam fogo em um túnel na cidade de Tubarão (SC) para impedir que a chegada de reforços da polícia

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Uma quadrilha invadiu o centro da cidade de Criciúma (SC) para assaltar um banco na madrugada desta terça-feira (1º). Um grupo de homens fortemente armado entrou na tesouraria regional de um banco, fez reféns, bloqueou ruas e acessos à cidade, atirou várias vezes e usou reféns como escudo. A ação durou por volta de 1h e 45 minutos. As informações são do G1 Santa Catarina.

De acordo com a apuração do G1, os bandidos atearam fogo em túnel em Tubarão (SC), que dá acesso à cidade, para impedir a chegada de reforços da polícia. Ninguém foi preso até o momento.

O delegado do caso disse ao G1 que os criminosos usaram carros de 'alta potência e grande valor comercial', como Audi, Land Rover, BMW, Mitsubishi e Volkswagen.

"Nós acreditamos, sim, que o valor levado é bastante grande, pelos vídeos que circulam nas redes sociais aqui, onde teria uma enorme quantidade de dinheiro na caçamba de uma caminhonete", disse o delegado.

  • Resumo

Trinta pessoas encapuzadas e armadas assaltaram uma agência do Banco do Brasil localizada no centro da cidade
Pessoas foram feitas de reféns e ruas e acessos foram bloqueados para impedir a chegada da polícia.
Um policial militar e um vigilante foram baleados e ficaram feridos; ninguém morreu
Na fuga dos suspeitos, parte do dinheiro roubado ficou espalhado pelas ruas. Quatro moradores foram detidos após recolherem 810 mil que ficaram jogados no chão após a explosão.
Bandidos deixaram 30 quilos de explosivos para traz
Dez carros utilizados no assalto foram apreendidos em um milharal de outra cidade
Até o momento, não se sabe a quantia levada
Até o momento, o Banco do Brasil não se pronunciou

Veja vídeos: