Brasil

Quase três milhões de contribuintes terão restituições de IR creditadas nesta quinta

Segundo a Receita Federal, essa leva de devoluções ainda inclui pessoas com alguma prioridade de recebimento garantida por lei

Agência O Globo
Os 2.978.614 contribuintes que foram incluídos no terceiro lote de restituições do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) receberão o dinheiro nesta quinta-feira, dia 15. As quantias devidas serão creditadas nas contas indicadas por eles no ato da declaração de ajuste anual. Desta vez, serão pagos R$ 3,8 bilhões no total.
Segundo a Receita Federal, essa leva de devoluções ainda inclui pessoas com alguma prioridade de recebimento garantida por lei: 7.532 idosos acima de 80 anos; 44.062 cidadãos entre 60 e 79 anos; 6.888 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave; e 24.513 trabalhadores cuja maior fonte de renda seja o magistério.
O terceiro lote tem também contribuintes que caíram na malha fina em anos anteriores (de 2008 a 2018). Em todos os casos, a restituição ficará disponível para saque durante um ano.
Ainda não sabe se está neste lote?
Para saber teve a restituição incluída neste lote, o contribuinte deve acessar o site ou ligar para o Receitafone 146. Outra opção é usar o aplicativo Pessoa Física. É preciso informar o número do CPF. Segundo o site da Receita Federal, essa leva de devoluções inclui as declarações transmitidas até 6 de abril deste ano, que tenham sido enviadas sem pendências.
O que fazer se o dinheiro não estiver na conta indicada?
Se o dinheiro não estiver creditado na conta indicada, apesar de o contribuinte estar incluído no lote, o interessado poderá procurar qualquer agência do Banco do Brasil (BB) ou ligar para a central de atendimento pelos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (exclusivo para deficientes auditivos).
Valor devolvido virá com correção
Os valores pagos neste terceiro lote virão corrigidos pela taxa básica de juros, a Selic. Para as restituições referentes a este ano, a correção será de 2,58% (acumulado de maio a agosto). Para as devoluções mais antigas, de 2008, o percentual aplicado será de 110,86% (variação de maio de 2008 a agosto deste ano).
Após o crédito da quantia na conta, nenhuma outra correção será aplicada pelo tempo que o dinheiro ficar parado, sem ser retirado pelo contribuinte.
Confira o calendário das próximas restituições
4º lote - 16/09/2019
5º lote - 15/10/2019
6º lote - 18/11/2019
7º lote - 16/12/2019