Brasil

Rafael Ilha deixa delegacia e vai para audiência em fórum

Ex-Polegar está preso desde esta segunda-feira, 25, após ir à delegacia para fazer um B.O e acabar detido por ter um mandado em seu nome

Redação (redacao@portalibahia.com)
- Atualizada em

Rafael Ilha deixou a a 4ª delegacia da Divecar, Divisão de Investigações sobre Roubo e Furto de Veículos e Cargas, para ir a uma audiência no Fórum de Barra Funda, em São Paulo, no começo da tarde desta terça-feira, 26. O ex-Polegar estava acompanhado do advogado e, segundo informações do site Ego, acabou detido no local após ir fazer um boletim de ocorrência por terem clonado a placa de seu carro. A prisão aconteceu porque os policiais encontrarem um mandado expedido pela Justiça em seu nome.

Entenda
Famoso por se envolver em polêmicas e confusões, o eterno Polegar Rafael Ilha foi preso nesta segunda-feira, 25, novamente em São Paulo. Ele mesmo procurou a delegacia onde está até o momento para denunciar que a placa do seu carro havia sido clonada, mas acabou ficando porque os policiais descobriram que havia um mandado de prisão em seu nome.

José Beraldo, advogado dele, conversou com o EGO na manhã desta terça, 26, e confirmou o que Rafael diz nos vídeos. O ex-Polegar foi considerado foragido porque se esqueceu de informar à Justiça que mudou de endereço, mas deve ser liberado em breve. "Após o caso em que foi acusado de sequestrar uma paciente quando tinha uma clínica, o juiz entendeu que ele não cometeu sequestro nem nenhum crime grave. Por isso, Rafael cumpriu apenas uma medida alternativa e passou a ter o compromisso de aparecer regularmente em juízo. Essa regularidade variava. Às vezes tinha que ser de três em três meses, e ele também não podia mudar de endereço sem comunicar ao juiz. Só que ele se mudou e não informou à Justiça. Então a Justiça entendeu que ele poderia estar foragido, mas foi apenas um equívoco, um lapso, de não informar o novo endereço", afirmou.Ainda na segunda, logo depois que a notícia vazou, Aline Kezh, mulher do cantor, que está prestes a dar à luz, conversou com EGO, disse que acreditava que ele não precisaria dormir na cadeia e defendeu o marido. "O bebê deve nascer no dia 28, quinta-feira. Ele com certeza já estará do meu lado", diz ela. Na manhã desta terça, após ele acabar passando a noite por lá, ela mostrou que não havia desanimado e continuava confiante: "Estou tranquila, sem nenhum medo de nada. O Rafael sairá hoje à tarde e voltará para casa."