Brasil

Sargento da Marinha é preso suspeito de ejacular em mulher dentro de ônibus

Priscila disse que o sargento ficou em pé do seu lado e ela percebeu que ele estava com o pênis ereto encostando nela

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Nesta quarta-feira (19), um terceiro sargento da Marinha, que não teve o nome divulgado, foi preso em flagrante suspeito de ejacular no braço de uma mulher dentro de um ônibus. O caso aconteceu na BR-101, em São Gonçalo, no Rio de Janeiro. As informações são do 'O Dia'.

Em entrevista ao jornal 'O Dia', a vítima, Priscila Trindade Alcântara, de 32 anos, disse que estava indo para o trabalho quando entrou no ônibus lotado e o homem estava sentado e cedeu o lugar para ela.

Sargento preso em flagrante (Foto: reprodução)
Priscila disse que o sargento ficou em pé do seu lado e ela percebeu que ele estava com o pênis ereto encostando nela. Ela pegou o celular para filmar e o militar se afastou, revelando a calça já ejaculada.

Segundo o 'O Dia', Priscila, que é servidora pública, pediu socorro e outros passageiros do coletivo contiveram o homem e chamaram policiais militares da rodovia, que o prenderam.

"Isso acontece diariamente, infelizmente, me senti muito mal, não tem como ficar bem. Mas não vou me calar, porque isso é inadmissível. Meu corpo não é público, não é objeto sexual. As mulheres não devem se calar, não podem tolerar isso. Espero por justiça, que ele pague por isso. Que outras vítimas o reconheçam e denunciem", contou Priscila ao 'O Dia'.



O homem foi encaminhado para a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de São Gonçalo e autuado em flagrante por importunação sexual. Ele passará por uma audiência de custódia, que definirá se ele permanece preso ou responderá pelo crime em liberdade.

A chefe da Deam de São Gonçalo disse ao 'O Dia' que a Marinha do Brasil já foi comunicada do crime envolvendo o sargento. Procurada, a Força Armada ainda não se pronunciou.