Brasil

Sequestrador do irmão de Zezé Di Camargo e Luciano é morto em confronto com a polícia

O crime aconteceu em dezembro de 1998, quando o jovem foi sequestrado de casa, em Goiânia (GO), por quatro homens armados

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Ozélio de Oliveira, condenado pelo sequestro do cantor gospel Wellington Camargo, irmão da dupla Zezé Di Camargo e Luciano, foi morto neste sábado (9) durante um confronto com a polícia militar. O caso aconteceu em São José dos Pinhais (SC). As informações são do G1 Paraná.

O crime aconteceu em dezembro de 1998, quando o jovem foi sequestrado de casa, em Goiânia (GO), por quatro homens armados. Ele só foi resgatado no dia 29 de março de 1999. Um pedaço da orelha da vítima chegou a ser enviado para a família de Wellington Camargo para fazer pressão para que fosse realizado o pagamento do resgate. O valor de US$ 300 mil  foi pago no dia 29 de março. Sete homens foram presos por envolvimento no sequestro.

Ozélio de Oliveira, chefe da quadrilha, foi condenado a mais de 108 anos de prisão por crimes como homicídio, roubo, além do sequestro do irmão da dupla Zezé Di Camargo e Luciano. Ele fugiu da prisão em 2018 e desde então é considerado foragido.

De acordo com informações da polícia dadas ao G1, a corporação soube da existência de um plano de sequestro e o confronto aconteceu durante a abordagem dos suspeitos. Além de Ozélio, outros quatro homens foram mortos. Nenhum policial ficou ferido.

"Eles vieram de São Paulo, eram faccionados, do crime organizado, e estavam envolvidos com situações criminosas", disse o tenente Cruz, da Polícia Militar, logo após o confronto.

Até o momento, o G1 não conseguiu localizar a defesa da família de Ozélio.