Brasil

Sobe para oito o número de mortos em Capitólio (MG)

Um homem de 68 anos é a primeira vítima identificada pela polícia; mortos são de Minas Gerais e São Paulo

Redação iBahia (redacao@ibahia.com )
- Atualizada em

Chega a oito o número de mortos em Capitólio, Belo Horizonte, após uma estrutura rochosa atingir quatro lanchas na tarde do último sábado (8). De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Minas Gerais (CBMMH), trata-se de uma pessoa do sexo masculino. O corpo da vítima foi encontrado na manhã deste domingo (9).

O major Rodrigo Castro, comandante da 1ª Companhia Independente de Bombeiros, informou que o corpo foi encontrado pela primeira equipe de busca pouco antes das 10 horas da manhã. 

"Esse corpo foi encontrado submerso e inteiro e já trazido para a região do posto de comando. A Polícia Civil passa agora a fazer os trabalhos de identificação. Então, neste momento, contamos com oito óbitos já confirmados e carecemos ainda de localizar duas vítimas, em princípio, que ainda estão desaparecidas", disse.

Na manhã deste sábado também foi identificada a 1° vítima, Júlio Borges de Antunes, de 68 anos, natural de Alpinópolis (MG). O corpo já foi liberado para a família e deve ser enterrado ainda neste domingo, em São José da Barra (MG). As informações são do g1. 

O delegado regional da Polícia Civil de Passos, Marcos Pimenta, afirmou que a instituição ainda trabalha na identificação das outras sete pessoas que morreram no acidente. As buscas pelas duas pessoas desaparecidas também continuam no local. 

Conforme atualizações do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, as operações foram retomadas às 5 horas da manhã deste domingo. A equipe de buscas é composta por 50 militares, entre bombeiros, Marinha do Brasil (MB), mergulhadores e especialistas neste tipo de operação. "Quatro lanchas e três motos aquáticas da MB e do CBMMG foram lançadas no local de busca já delimitado, além do apoio de sete viaturas", disse, em nota a corporação.