Brasil

Suposto ganhador da Mega da Virada vai ao Procon após perder prazo para retirar o prêmio

Vencedor, que é da cidade de São Paulo, tinha até 31 de março para sacar os R$ 162 milhões na Caixa Econômica

Redação iBahia
- Atualizada em

Quase um mês depois, enfim apareceu alguém reivindicando o prêmio de R$ 162 milhões da Mega da Virada de 2020. Nesta quinta-feira (22), um consumidor procurou o Procon de São Paulo afirmando ser o ganhador da bolada. O órgão, então, afirmou que irá notificar a Caixa Econômica Federal para que a empresa confirme se ele é mesmo o vencedor.

O ganhador ou ganhadora, que é da cidade de São Paulo, tinha até 90 dias após a realização do sorteio para retirar o prêmio. No entanto, isso não aconteceu e ele ou ela entrou para história como a pessoa que esqueceu o maior prêmio das loterias não retirado até hoje.

Com o esquecimento, o dinheiro será direcionado para o Fundo de Financiamento do Ensino Superior (Fies). No entanto, para o Procon-SP, mesmo após perder o prazo, o consumidor tem o direito de receber o prêmio. 

“A Caixa tem como identificar quem é o ganhador. E queremos apurar se esse consumidor que nos procurou é efetivamente quem venceu o sorteio”, afirma Fernando Capez, diretor-executivo do Procon-SP, em nota ao Agora, da Folha de S. Paulo.

A Caixa, por outro lado, reafirmou também em nota ao site, que "cabe exclusivamente ao apostador solicitar o recebimento de prêmios de loterias em até 90 dias".