Brasil

Supreendente: capinha do Hulk impede que homem leve tiro; entenda

Bala destruiu o aparelho celular e passou de raspão na vítima

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

No cinema, o Hulk é um super-herói extremamente forte e com poderes de resistência e imunidade sobre-humanas. Na vida real, o personagem da Marvel também parece ter poder sobrenaturais: uma capinha de celular com a imagem do herói impediu que um homem fosse baleado em Petrolina, Pernambuco. As informações são do G1.

A foto do celular danificado viralizou nas redes sociais. Na imagem, é possível ver o estrago feito pela bala, que destruiu a tela do aparelho. Quem compartilhou o caso foi o médico Pedro Carvalho, que recebeu o paciente no Hospital Universitário (HU) em Petrolina. Segundo o profissional, todos se preparavam para atender um caso grave de baleado, mas se surpreenderam ao ver o estado do homem.

"Quando o SAMU entrou com o paciente, ele estava consciente, acordado, conversando, e muito assustado. Ele não tinha sangue, não tinha nenhuma marca de ferimento", relatou o médico. A vítima relatou apenas uma dor no quadril e a equipe do hospital descobriu que a bala havia passado de raspão. "O celular estava na frente e ele ficou com uma dor no impacto, mas não havia nada, [a bala] sequer penetrou a pele. O paciente foi embora em poucos minutos", finalizou Pedro.

O tiro foi consequência de uma tentativa de assalto. Em nota divulgada pela Polícia Militar de Pernambuco, a vítima, que não teve a identidade revelada, passa bem.