Brasil

Suspeito pela morte da cantora Loalwa Braz confessa crime e é preso

Corpo da artista, conhecida pela música 'Chorando se foi', foi encontrado em carro incendiado

Redação Correio 24h
Um homem foi preso por suspeita de participação na morte de Loalwa Braz Vieira, cantora conhecida pela música 'Chorando se foi', na tarde desta quinta (19). A Polícia Civil afirma que ele confessou ter matado a artista e era ex-funcionário da pousada de Loalwa. 
Ainda segundo a polícia, ela vivia na pousada e teve o local invadido por homens que a colocaram no carro onde o corpo foi encontrado. Quem investiga o caso é a 124ª Delegacia (Saquarema).
O comandante do Corpo de Bombeiros, Leonardo Couri, informou que a propriedade também foi incendiada. A equipe foi chamada na madrugada desta quinta para combater o fogo, que acabou por consumir o sótão.
Enquanto o incêndio estava sendo controlado, houve outro chamado. "Era para conter as chamas que consumiam um carro. Dentro do automóvel, a equipe identificou que havia um corpo carbonizado e a perícia foi acionada", afirmou Leonardo Couri. As informações são do Portal G1.