Brasil

Técnico de futebol é preso suspeito de estuprar crianças e adolescentes

Meninos eram coagidos a praticarem atos libidinosos com a promessa de conseguirem contratos com clubes

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Um técnico de futebol de 45 anos foi preso nesta segunda-feira (25), em Jaguará do Sul (SC), sob a suspeita de estuprar crianças e adolescente que eram alunos dele. De acordo com a Polícia Civil, os jovens, todos do sexo masculino, eram coagidos a praticarem atos libidinosos com o suspeito com a promessa de conseguirem patrocínio e contrato com grandes clubes. As informações são do G1 Santa Catarina.

Legenda
De acordo com o G1, o início da apuração dos casos se deu em fevereiro em início deste ano, quando dois casais, pais das crianças, procuraram a polícia da cidade. Nestes casos, as vítimas têm 11 e 12 anos.

Em entrevista ao G1, a delegada do caso, Cláudia Gonzaga, relatou que uma das vítimas, em ter coragem de denunciar os abusos para os pais, escreveu o bilhete para o pai para contar o que havia ocorrido com ele e com o colega.  "O pai foi até a família do outro garoto para conversar. Depois, esses dois casais procuraram a polícia. Os meninos foram interrogados com psicólogos, e foram confirmados os crimes, ainda com mais detalhes".

"Até então eram só crianças do sexo masculino e todos teriam sido abusados. Quando entrou essa menina, esse garoto pensou que o treinador iria fazer com ela também e ele quis evitar isso", explicou Cláudia.


Segundo a apuração da polícia, as crianças estavam sofrendo os abusos por, pelo menos, oito meses. As outras cinco possíveis vítimas já foram identificadas. Aqueles que se negavam a participar da série de abusos eram submetidos a treinamentos mais pesados.

O técnico foi preso em um campo que alugava para dar aulas e irá responder por estupro de vulnerável.