Brasil

'Tomara que morram antes da vacina', diz padre aos fiés que não estão indo à missa; veja

Ele disse ainda que a igreja está respeitando as normas de distanciamento e que os fiéis que não estão comparecendo estão mostrando se realmente amam a eucaristia

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Um padre da paróquia localizada na cidade Visconde do Rio Branco (MG) desejou a morte dos fiéis que não estão indo para a missa porque estão com medo de contrair a covid-19. A missa foi transmitida ao vivo neste domingo (23) através das redes sociais.

Antônio Firmino disse durante a cerimônia que fiéis que não pertencem ao grupo de risco e que só pretendem sair quando a vacina for lançada 'devem morrer' antes que ela seja distribuída para a população.

Ele disse ainda que a igreja está respeitando as normas de distanciamento e que os fiéis que não estão comparecendo estão mostrando se realmente amam a eucaristia.


"Porque tem alguns católicos, engraçado, que tem saúde tem tudo e dizem: 'Eu só vou na igreja quando tiver a vacina'. Tomara que não apareça vacina para essas pessoas. Ou que morram antes da vacina chegar. Porque existem pessoas que não têm problema nenhum, que não estão no grupo de risco. Mas isso significa que a pessoa não tem fé nenhuma", disse o padre.

Veja o vídeo: