Brasil

Uber passa a aceitar recarga pré-paga

No total, o consumidor pode acumular até mil reais em créditos no app

Agência O Globo

A Uber anunciou uma expansão no sistema de corridas pré-pagas. Assim como na recarga de um celular pré-pago, o cliente sem cartão de crédito pode pagar em lojas por um crédito que será utilizado em corridas solicitadas por meio do aplicativo de transporte de passageiros.

Ao chegar no ponto de venda, o cliente paga pelo valor da recarga e recebe um cupom com o código que deve ser inserido no aplicativo. É possível fazer recargas com valores entre R$ 25 e R$ 200. No total, o consumidor pode acumular até mil reais em créditos no app.

Após pagar pela a recarga, o passo a passo é o seguinte: o cliente deve abrir o aplicativo da Uber e acessar o menu e a seção "Pagamentos". Depois, basta selecionar “Adicionar forma de pagamento", escolher "Uber Pré-Pago" e inserir o código.

Segundo a empresa, são 250 mil pontos de recarga, entre lojas, bancas de jornais e totens em terminais de ônibus e em estações de metrô. Anteriormente, os clientes já podiam encontrar cartões físicos (similares a vales-presentes) em grandes redes varejistas, como Lojas Americanas e Walmart.

— Quando a Uber começou a aceitar pagamento em dinheiro, viu o número de viagens aumentar principalmente nas regiões metropolitanas, em um fenômeno que, para mim, prova a capacidade da nossa plataforma de mudar a mobilidade de nossas cidades. A nossa expectativa é que esse processo continue, agora com meios de pagamento mais modernos e seguros, como o Uber Pré-Pago, tornando a Uber uma opção cada vez melhor para cada vez mais pessoas — disse Guilherme Telles, diretor-geral da Uber no Brasil.