Brasil

Vai fazer o Enem 2020? Saiba quais cuidados precisa tomar no dia do exame

A prova está prevista para acontecer em todo o Brasil nos dias 17 e 24 de janeiro

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A prova do Exame Nacional do Ensino Médio 2020 (Enem) está prevista para acontecer em todo o Brasil nos dias 17 e 24 de janeiro. Para quem vai realizar o exame, é importante ficar atento e seguir as recomendações para evitar o contágio pelo novo coronavírus. 

O Ministério da Educação divulgou as novas normas de segurança para esta edição do Enem. Além das regras já existentes, o edital prevê o uso obrigatória da máscara de proteção facial durante todo o período de realização da prova, usada da maneira correta, cobrindo o nariz e a boca, e distanciamento entre um participante e outro. 

“Para os alunos que precisarão sair de suas casas para realizar o exame, a recomendação é que não toquem em momento algum na parte da frente da máscara, utilizem álcool em gel e se atentem ao distanciamento, principalmente nos momentos de entrada e saída da prova, para que não ocorra aglomeração", explica Ana Regina Caminha Braga, psicopedagoga especialista em Gestão Escolar e Educação Inclusiva. 

Foto: divulgação

A psicopedagoga chamou atenção para o alto índice de doentes e mortos no país e que as medidas podem não ser suficientes. “São várias horas dentro de uma sala fechada, então por mais que exista o distanciamento entre um participante e outro, o perigo ainda existe por estarem alocados dentro de uma sala fechada”, diz. “O Brasil vive uma alta no número de casos da doença nas últimas semanas. Estamos exatamente no pico da segunda onda de infecções, o que coloca em risco os candidatos, profissionais que estarão supervisionando as salas de aula e, também, as suas famílias”, avalia. 

Vale lembrar que o Enem é a principal porta de entrada ao ensino superior do Brasil. 

Confira as recomendações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)

- Fica proibida a entrada do participante no local de provas após o fechamento dos portões e sem a máscara de proteção contra a Covid-19.

- O participante não poderá permanecer no local de provas sem máscara de proteção facial.

- Quem comparecer ao local de aplicação das provas sem documento válido e/ou sem a máscara de proteção facial deverá aguardar fora do local de aplicação até que algum familiar ou conhecido possa entregá-lo.

- Durante a identificação, será necessária a higienização das mãos com álcool em gel próprio ou fornecido pelo aplicador, antes de entrar na sala de provas.

- A máscara deve cobrir totalmente o nariz e a boca, desde a entrada até a saída do local de provas. Será permitido que o participante leve máscara reserva para troca durante a aplicação.

- O descarte da máscara de proteção contra a Covid-19, durante a aplicação do exame, deve ser feito pelo participante de forma segura, nas lixeiras do local de provas.

- A ida ao banheiro será permitida desde que o participante seja acompanhado pelo fiscal, respeitando a distância prevista nos protocolos de proteção contra a Covid-19.

- As mãos deverão ser higienizadas ao entrar e sair do banheiro, e durante toda a aplicação do exame.

- O participante que não utilizar a máscara cobrindo totalmente o nariz e a boca, desde sua entrada até sua saída do local de provas, ou recusar-se, injustificadamente, a respeitar os protocolos de proteção contra a Covid-19, a qualquer momento, será eliminado do exame, exceto para os casos previstos na Lei nº14.019, de 2020.

A vistoria de lanches e a revista eletrônica nos locais de provas, por meio do uso de detector de metais, também deverá respeitar os protocolos de prevenção. Só será permitida a retirada da máscara para alimentação ou ingestão de líquidos, desde que sem tocar na parte frontal, prosseguida da higienização das mãos com álcool em gel.

*Com informações do Ministério da Educação