Brasil

Venda de motocicletas cresce em outubro, mas é menor no acumulado do ano

De janeiro a outubro, as vendas foram de 1.190.031 unidades

Agência Brasil

As vendas de motocicletas no mês de outubro chegaram a 120.317 unidades, resultado 0,4% superior ao de setembro. No entanto, na comparação com outubro de 2013, houve recuo de 2,6%. No acumulado do ano, de janeiro a outubro, as vendas foram de 1.190.031 unidades, 5% inferior ao ocorrido no mesmo período de 2013. Os dados, divulgados nesta segunda-feira (10), são Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares.


A média diária de vendas em outubro - 23 dias úteis – foi 5.231 unidades, 3,93% menor do que setembro - 22 dias - e 2,59% a menos do que em outubro de 2013. “Ainda estamos com a média diária muito abaixo do esperado. Havíamos projetado um número de 5.500 motos comercializadas por dia, em outubro, e esse índice não foi alcançado”, disse Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo.


A produção de outubro foi 127.813 motocicletas, 13,1% superior ao mês anterior, mas 16,3% inferior ao mesmo mês do ano passado. No acumulado do ano - 1.307.293 unidades -, a produção teve declínio de 9% em relação ao mesmo período – de janeiro a outubro - do ano passado.


A venda das motocicletas brasileiras para o exterior chegou a 7.107 unidades em outubro, 21,7% a menos do que em setembro. Na comparação com o mesmo mês de 2013, a queda foi 34,6%. No acumulado do ano - 78.648 unidades exportadas -, o decréscimo registrado foi 9,9% em relação ao mesmo período de 2013, de janeiro a outubro.