Brasil

'Vi o olhar do demônio', desabafa mulher agredida por modelo em restaurante de luxo

Mika Borges passou por duas cirurgias e levou 90 pontos após ser agredida

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

A consultora imobiliária Mika Borges foi agredida no restaurante Iulia, no Jockey Club de São Paulo, pela modelo Fernanda Bonito, no dia 11 de janeiro deste ano. De acordo com informações do G1 São Paulo, a agressão foi motivada por uma discussão por causa da fila do banheiro. Mika Borges já passou por duas cirurgias e levou 90 pontos no rosto depois da agressão.

Testemunhas contaram ao G1 SP que a modelo tentou furar a fila do banheiro e que no meio da confusão ela atacou Mika com um copo de vidro. A vítima relata que ficou com o rosto desconfigurado.

Foto: reprodução / TV Globo
Em entrevista ao Fantástico, a consultora imobiliária disse que não imaginava que sairia de um restaurante com o rosto machucado. "Eu vi o olhar do demônio ali, querendo acabar com a minha vida", desabafou.

Na ocasião, Mika Borges contou que estava na fila do banheiro e todas as cabines estavam ocupadas e que ela e as demais mulheres na fila tentaram alertá-la que havia uma fila para usar o banheiro. A modelo, que estava alterada, chegou a falar que não ia esperar na fila, porque era dona do estabelecimento.

Segundo o G1 São Paulo, Fernanda é namorada de Rodrigo Lima, um dos sócios do restaurante. O nome dele consta no registro da junta comercial de São Paulo, mas o restaurante negou qualquer relação profissional com Fernanda.

Em nota ao G1, o restaurante informou que "os funcionários atuaram para acalmar os ânimos, bem como oferecer assistência inicial à Milka, para conduzi-la ao hospital. Disse ainda que "Fernanda Bonito não é sócia do negócio e deverá responder pela consequência de seus atos”.



O G1 entrou em contato com a modelo, que reconheceu que errou e disse que se arrepende do ocorrido. “Sinceramente, me arrependo do ocorrido, mesmo tendo eu também sofrido alguns ferimentos, eu não queria causar aquela lesão e o sofrimento dessa moça. Lamento profundamente e tentarei de todas as maneiras me retratar do ocorrido”.