Brasil

Vídeo de desaparecido cantando música religiosa na Vale comove web; assista

Segundo parentes de Wilson José da Silva, de 53 anos, cena era habitual em sua rotina de trabalho

Louise Queiroga, da Agência O Globo
- Atualizada em

Na sexta-feira anterior ao rompimento de uma barragem de rejeitos da Vale em Brumadinho (MG), o operador de máquinas Wilson José da Silva, de 53 anos, foi filmado no vestiário da empresa enquanto cantava uma música religiosa na companhia de colegas de trabalho. O vídeo foi compartilhado entre eles via WhatsApp, mas só chegou à família de Wilson neste fim de semana, após os parentes entrarem em desespero diante de seu desaparecimento. As imagens começaram a repercutir nas redes sociais nesta segunda-feira (28), emocionando internautas.

Foto: Reprodução
O sobrinho Carlos Eduardo Silva Braga, de 19 anos, disse que seu tio sempre foi um homem muito religioso e que a cena registrada no vídeo mostrava como era a rotina de Wilson no ambiente de trabalho. Ele aparece cantando um trecho da música "Noites traiçoeiras", que se popularizou na voz do padre Marcelo Rossi.

"E ainda se vier noites traiçoeiras, se a cruz pesada for, Cristo estará contigo. O mundo pode até fazer você chorar, mas Deus te quer sorrindo", canta o homem evangélico.

O funcionário da Vale Wilson José da Silva, de 53 anos, canta um louvor a Deus no vestiário junto com colegas. Ele está desaparecido desde sexta-feira, quando a barragem se rompeu.


— O vídeo foi enviado pra gente no sábado por um colega de serviço. Foi gravado uma semana antes do ocorrido. Aquilo era diário. Ele chegava na empresa de manhã cedo, trocava de roupa e aquela cena de cantar era comum entre o pessoal da companhia.


O jovem contou ao GLOBO que havia colegas de seu tio na área do restaurante quando ocorreu o rompimento da barragem. O parente disse que alguns conseguiram correr e se salvar, mas Wilson ficou para trás.