Brasil

Vítima de depressão, miss Ilhéus de 27 anos é encontrada morta

Segundo a Polícia Civil de Minas Gerais, o Departamento de Homicídios vai instaurar um inquérito para "apurar as circunstâncias da morte"

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Foto: Reprodução
A miss Ilhéus 2018, Gabriela Mendes Viegas, de 27 anos, foi encontrada morta pelo noivo em Minas Gerais, na sexta-feira (3). De acordo com a Polícia Militar, a miss cometeu suicídio ao pular de uma janela com um cinto amarrado no pescoço. Ao G1 Minas Gerais, o noivo dela, Lucas Ferrara disse que que havia pedido um tempo no relacionamento com Gabriela para que, segundo ele, ela se tratasse da depressão. No dia da morte, ele saiu de casa  por volta das 20h40 para trabalhar e havia deixado a estudante de Medicina sozinha. Ainda em relato ao portal, ele afirmou que quando voltou ao apartamento, já encontrou a noiva precisando de socorro.

Lucas disse ainda aos policiais que cortou o cinto com uma faca e começou a massagem cardíaca na cozinha do apartamento. O educador físico pediu ainda ajuda dos vizinhos para socorro, desceu com Gabriela nos braços, onde continuou a massagem cardíaca, mas a morte da miss  foi confirmada no local. 

De acordo com o missólogo Ricardo Mello,  em entrevista a Revista Quem, a jovem tratava depressão e teria cometido suicídio. "Gabriela Viegas acaba de perder a batalha contra a depressão. Meus sinceros sentimentos aos amigos, família e a todos os amantes do mundo miss que sofrem ao descobrir da pior maneira que suas deusas não estão imunes a esta triste doença. Descanse em paz", afirmou ele.
Segundo a Polícia Civil de Minas Gerais,  o Departamento de Homicídios vai instaurar um inquérito para "apurar as circunstâncias da morte". Caso o suicídio seja confirmado pela investigação, o inquérito será arquivado.